IFA BRASIL - IJO IFA OPA ADIMULA

IFA BRASIL - IJO IFA OPA ADIMULA

TEMPLO OBARA OSA

Egungun - Ancestralidade

Dentro da mitologia yorubá, Egúngún é um ancestral para adivinhação e dar sequência a uma espiritualidade. Egúngún dá sua referência à coletividade espiritual e também a ancestralidade dos mortos “Arà-orun-kìnkìn; a Orìsà Oyá é a deidade mãe de Egún (esqueleto). Por se acreditar que os mortos se mantêm no mesmo espaço que nós vivos, faz-se rituais em sua homenagem (odùn Egúngún) para que eles venham ao Àíye (mundo).

O principio de Egungun chegar ao nosso mundo se dá para trazer o equilíbrio e também julgar nossas habilidades aqui na terra, devemos agradecer nesta ocasião a vinda deles a terra para nos dar a vida eterna. Tradicionalmente, cada família deve ter seu Egungun em sua casa para que não haja regressão em todos os rituais e sim progressão, o nome de cada Egungun nesse caso de cada família é diferente. O lugar de onde provêm os Orìsà dos mortos se denomina Igbo Igbàlélé(Igbàle) e dos ancestrais(familiares ou Olorisa) ojú orì..

Outras visões filosóficas e místicas dos povos yorubá estão contidas na palavra Ehìn ìwà (vida após a morte ). O sentido de cultuar e adorar os ancestrais se dá à vida após a morte, após morrer a vida não acaba. Esta experiência é primordialmente necessária para se passar uma vida mais justa neste espaço antes de morrer. Este pensamento é extenso a partir do ponto que a ancestral parte, pode-o ter comprida a missão e não retornar (ire aiku, sorte vida longa/imortalidade), ou retornar como dever de cumprir os rituais na sua nova vida.

 

ÀGÁN

Àgán refere-se ao poder de Egungun, usado para destruir coisas diabólicas, e coisas que podem atrapalhar particularidades em nossa vida, o Egungun tem uma ligação com alguns animais tais deles como o Ìjìmere (macaco amarelado), eiye egà (um tipo de pássaro tecedor) entre outros, de fato alguns destes ìjìmere fazem parte do àse que deu nascimento a Egungun. O àgán foi descrito pelos anciões pela Sociedade Egungun para ser um invisível poder que não pode ser entendido pelo homem, exceto se ele ou ela tiverem conhecimento misticamente, e souberem destruir as magias/espíritos diabólicos. Este àgán começou a ser usado por alguns sacerdotes dentro da sociedade Egungun de inicio para rejeitar a regras do Obá( Rei de Oyo), isto começava cortando a arvore Iroko com espíritos maldosos e destruir pessoas empreendedoras para o lado maligno.

O àgán é algumas vezes representada por uma longa roupa branca carregada por vários sacerdotes de Egungun durantes os festivais, e tem mais ou menos 2 metros e meio de tamanho(medida) ou mais e sempre carregada durante a noite. Este poder não é muito usado pelos anciões da sociedade aos Egungun, mas em algumas emergências, quando o àgán começa a se manifestar, deve-se sempre aclamar isto:

Máfojú kò mi

Enikán kí fo jù kan Orombo

Ni ijo ti Àgán ba jadé òsán

Ìgbo a mà jo nà tagbatagba

Odán a si jonà teruwà teruwà

Difá fún Máfojúakanmi

Ti i je àgán

 

Você não deve ver meu rosto

Ninguém pode ver Orombo

Sempre que Agan sair afora pela noite

Um vendaval ficará furioso

Cairão arvores atrás de arvores

As florestas estarão em chamas

E as terras savanas estarão queimando completamente

Estas eram as declarações de Ifá por meio de Mafojukanmi (Não veja meu rosto

Quem se chamava Agan...

 

Aso EGUNGUN - Roupa de Egungun

 

wAwo Ifadayo Orisatalabi Elebuibon

http://www.ifabrasil.com.br

http://www.facebook.com/ifabrasil

 

Blog Stats

  • Total posts(45)
  • Total comments(129)

Forgot your password?