IFA BRASIL - IJO IFA OPA ADIMULA

IFA BRASIL - IJO IFA OPA ADIMULA

TEMPLO OBARA OSA

OLOKUN SENIADE - RAINHA DOS YORUBA

Aboru Aboye o!

 

Este post eu enviei em 2007 quando eu tinha um blog, que pertencia ao hotmail.

Ejí Ogbé

 

Ototo-tó,

Orooro-ro,

Otooto l`à á je epá,

Otooto l`à á je ìmumu,

Ohún torí n`torí,

Ohún t’òòrè n’t’òòrè

Àt’orí àt’òòrè Orunmílà ni ó d’ogún yéké

Mo ní ó d`ogbon yéké

Ìsepe awo ile Olokun

Adífá fun Olokun

Ojo ti omi ilé Olokun kò tó böjú

Ìtí awo t`ilé Olokun

Adífá fun Olokun

L`ojo ti omi ilé Olokun kò tó bù w`ese

Bèbè otún, Awo Olokun

L`ó dífá fun Olokun

L`ojo ti omi ilé Olökun kò tó nkankan.

Bèbè òsì, Awo Olokun

L`ó dífá fun Olokun

Ojo ti omi okun kò tile níláárí rárá.

 

As coisas são feitas em ordem

As coisas são feitas
tranquilamente

Separadamente nós comemos
amendoim.

Separadamente nós comemos imumu
(amendoim especial).

O que pertence a cabeça é a cabeça(a
ela mesma)

O que pertence a Oore é Oore

Com a cabeça e Oore, Orunmila
contou vinte,

Eu contei trinta.

Isepe era o sacerdote da casa de
Olokun

Foi quem consultou Ifa para Olokun

Iti foi o sacerdote da casa de Olokun

Foi quem lançou Ifa para Olokun

Quando as águas de Olokun não eram
suficientes para lavar os pés

Lado-direito-da-margem-do rio,
sacerdote de Olokun

Lançou Ifá para Olokun

Quando as águas de Olokun não
valiam nada

Lado-esquerdo-da-margem do rio,
sacerdote de Olokun

Lançou Ifa para Olokun

Quando as água de Olokun não tinha
nenhum valor as coisas.

 

Existiram os quatros sacerdotes que consultaram Ifa para Olokun quando Olokun necessitava de ajuda: Isepe, Iti, Bebe otun, e Bebe Osi. Eles disseram que Olokun não iria mais se banhar com suas próprias águas, então Olokun procurou seu sacerdote conhecido como Ota-ribiribi, o sacerdote das águas. Ota-ribiribi disse a Olokun não temer porque ela voltaria a ser como era antes. Foi então dito a Olokun fazer um sacrifício com dez ovos cruz (eyin) e dez bananas (ogede omìní) , e ela ofereceu.

Ele havia dito a ela andar em frente a sua casa, em uma direção até o sol que estava diretamente com o zênite(ponto astral) e qualquer lugar que ela fosse deveria quebrar um ovo e uma banana naquele local e então voltaria para casa ( eyin l`orò, bo bá ti bálçe fifo ló nfóEu digo ao ovo, isso cai e quebre aos cair) . Ela fez então, caminhando em diferentes direções todos os dias até ela exaustada, quebrar todas os ovos e bananas logo, ela olhou a sua direita e sua esquerda, e todos aqueles caminhos estavam se enchendo de águas. Ela escutou as águas baterem umas as outras tão longe que seus olhos até podiam ver, e como ficou tão feliz cantou uma música(Orin) agradecendo seu sacerdote:

 

Oyígìyígì, Otá omi,

Oyígìyígì, Otá omi.

Oyígìyígì, Otá àikú,

Oyígìyígì, Otá omi.

 

Oyígìyígì a pedra dentro das
águas,

Oyígìyígì a pedra dentro das
águas.

Oyígìyígì a eterna pedra,

Oyígìyígì a pedra dentro das
águas.

 

Então Olokun voltou rica e prospera e “todo seu corpo” voltou a ter água novamente por toda sua terra. Entretando Olokun voltou a sua casa e viu aqueles sacerdotes que disseram que ela não teria mais nada, ela então joguei sua areia para cima deles e os jogaram para longe do suas terras. Quando Olokun ficou nervosa chorando suas areais para longe, uma musica foi cantada:

 

Omi n`wo yànrín geréré o

Omi n`wo yànrín geréré

Omi o l`owo, omi o l`ese

Béé l`omi n`wo yànrín geréré

 

Veja como a água puxa a areia sem
resistência

Olhe a água escavando a areia sem
resistência

A água necessita das mãos,
necessita das pernas

Ainda que a água puxa a areia sem
resistência

 

E Olokun nunca se esqueceu do seu sacerdote Ota-ribiribi, o sacerdote que vive dentro das águas e conhece todos os segredos das forças que as abrangem.

 

Este verso do odu Ejiogbe é só um detalhe que explica como é importante para os povos denominados yoruba
cultua-la de forma precisa para que nos dê riqueza e saúde. Olokun é um Orisa que dança igual uma majestade real, dando-nos seus cawries(ôwô-erô – búzios) para nos abençoar infinitamente com a riqueza. Olokun faz junção não só todos os oceanos mas também todas as águas do Universo, então elas traz todas as bênçãos através das águas para acalmar nossos corações e nos dar saúde e alegria. Olókun sempre traz boas  mensagens, a mais significantes delas são duas: a benção advém das responsabilidades, e o respeito (ibôwô)  adquire-se com a honra ( owà )e caráter ( ìwà). Existe uma frase de um Oríkì àwon Orí que revela os traços de Olókun com as jóias preciosas, como os okún(buzios), ileké`s em forma de idé(idé olokun) e sua Ade em forma de buzios, com sua roupa toda branca mostrando o poder dos Orisa funfun(brancos) signo da pureza e suavidade ao qual Osún, Yemója, Oluweri, Orisa Aje, Olosa empregaram para aprimorar os poderes misticos no universo:

 

 

Ìjúbà Olokun

 

Ibá Ajágunmôlé Oluwo ode orun

Iba Aromogányìn onibode àye
òun orun,

Iba Awonámàjá Bábálawo tii
n komo n’Ifá ojú õrun
.

Ibá Akoda

Ibá Aseda

Ibá Ogere àfokoyerí

Ibá Olokun Seniàde

Ifá Olokun a soro dáyo

Ifá kò ba mi se

Ki Olodúmárè kò ba wà se

Ôkútà lá pe mo şe je

Etí g`bure obí ri kítí,

Olokun ni ka le

Arín na kò ire afoyà ìbì

Agbe ni gbe ire kó Olókun

Aluko ni ngbe ire kó Olosá

Orí mi gbe mi de ìbì ire,

Ese mi wo ìbì ire ki o sin mi yá.

Orí Olokun,

Orí ni Ooníde,

Orí gbe mi o!

 

Saudações
Ajagunmole, sacerdote real do além(Orun),
Saudações Aromoganyin, a porta real do além,
Saudações Awonamaja, sacerdote que ensina Ifa dentro dos sonhos.
Saudações daquele que criou
o mundo

Saudações daquele que criou o ser
humano

Saudações aos Orisa da terra

Saudações a Olokun Seniade

Ifá Olokun me disse alegria/riqueza

Ifa faça o bem para nós

Olodumare faça o bem a nos

É a pedra que quebra de repente, sem
sangrar, o que traz notícias boas.

Sempre encontramos a sorte e que o mal
se afaste

Que traga sorte do mar para mim

Que traga sorte da lagoa pra mim

Minha cabeça me guie para um lugar bom

E me leve onde tiver sorte.

Ori senhor dos mares,

Ori senhor dos ides

Ori me salve!

 

 

Quando Olokun deixou Oduduwa(seu marido) em Ile Ifé, ela pegou tudo o que tinha que levar e foi parar na escuridão. Olokun saiu do reino de seu marido infeliz e triste com sua vida, então ela pediu a Olodumare a se transformar em água, Desta maneira Olókun se tornou água, flutou dentro do oceano, dentro deste contexto ela voltou a ser rica e poderosa. Olokun Seniade mandou uma mensagem para perguntar a Ôrunmìlá ( Orisa da adivinhação ) para ele continuar ao lado dela em sua companhia(1), quando Orunmila escutou o pedido ele aceitou ir e encontrou muito conforto e riqueza. Ele ficou um tanto quanto confortável e feliz que não voltou a Ile Ifé por volta de vinte anos, esqueceu de todas suas resposabilidades como Orisa do destino de todos os Orisa`s. Eles trabalharam juntos para dar benções a aqueles que tinham coração e ìwà(caráter). Orunmila consulto Ifa para Olokun Seniade, Quando ela estava preparada para administrar sobre sua riqueza para a humanidade, Isto foi dito entre os adivinhos, Porque os segredos e mistérios naturais de Olokun, Não podem ser encontrados por ela mesma para dar a humanidade. Ela não pode dividir seus segredos da prosperidade Até quando Ifa  confirme o trabalho a ser feito e seu destino. Mas quando ela puder, Isto marcara a pessoa como tendo uma grande oportunidade Para uma grande riqueza Se esta responsabilidade estiver sob a responsabilidade. Do ser humano no seu destino.

 

1 – Orunmila não era muito rico e prestigiado na vida,
quando ele conheceu Olokun ganhou honras e previlégios, por isso o texto em seu Oríkì: Ifá
Olökun a soro dayo
  - Ifá Olokun me disse alegria/riqueza.


A Ebi Olokun Seniade desde de seu começo de jornada dentro do culto indigianista yorubá, não deixo de perder o seu brilhantismo dado por nosso Rainha Ìyá mì Olókun Seniade. É ela a soma de todas as riquezas do mundo, que trouxe ao mundo Yemojá, Òsún, Ajé estes sim "frutos" de uma boa riqueza e aiku(longentividade). Olokun além de Ifá, Esu e Ogun é um dos Orisa mais adorados no panteão yoruba e muito respeitada, porque ela mostrou como é liderar um povo com respeito e dignidade. Quem não pratica com respeito, dignidade, carater e corretamente, nada têm desse Orisa por mais que alguém peça o sua própria força, a riqueza e longentividade.

O Ilé Ìyámì Olókun Seniàde(Casa minha mae Olokun Seniade) é um Ile Orisa de pratica indigianista ocidental do culto a yorubá, que resgata a pratica tradicional dos Orisa buscando a verdade sempre, ajudando as pessoas com os ensinamentos de Ifá, Ìyámì Osóronga, Oso, Egungun, Egbé e os Orisa somando com os òògun(magia/medicina) que não pode faltar em nenhuma casa de Ifá Orisa. É um trabalho àrduo mas de grande valia, já que além de nos trazer trazer ensinamentos, nos faz querer ajudar o próximo e esse sim, é com o trabalho eito corretamente traz o merecimento de enrequicimento espiritual e social.

 

E ma bèrè, t`Olokun ase mo pe, t`Olokun ase
E ma bèrè gbogbo ire aiku

T`Olokun ase mo pe, t`Olokun ase
E ma bèrè gbogbo ire Aje

T`Olokun ase mo pe, t`Olokun ase
E ma bèrè gbogbo ire Aya/oko

T`Olokun ase mo pe, t`Olokun ase

Mo dupe l`owo awon Ìyá mi Olókun Seniade Olasedowà!
Mo dupe l`owo Ìyamí Ìyálòrísà Olokungbemi!

"Kò mà mà s`amúnimúyè tí m`awo o, Orunmílà o o o"

Não existe feitiço que enfraqueça a memória de um Awo

 

**Bibliografia – F. Fatoba, Healing Energies in Yoruba Ifa religion;

Wande Abimbola, Ifa An Exposition of Ifa Literary Corpus

 

 

Texto: Baba Awo Ifádàyo Akínkanjù Adetooyangan Elebuibon, Arolé ti Ilé Ìyá mì Olókun Seniàde.

Blog Stats

  • Total posts(45)
  • Total comments(128)

Forgot your password?